Brasil

Ilhas no litoral de São Paulo: conheça as 8 melhores

Pinterest LinkedIn Tumblr

Engana-se quem pensa que para conhecer ilhas paradisíacas é necessário viajar para fora do Brasil ou, ainda, que elas estão apenas no litoral Nordeste do país. Muito pelo contrário! O litoral paulista, bem pertinho da capital do estado, abriga belezas naturais incríveis e diversas ilhas de tirar o fôlego. Inclusive, todas elas podem ser visitadas e bem aproveitadas, oferecendo as mais variadas opções de lazer e, claro, paisagens que você nunca mais vai esquecer.

Então, não deixe de acompanhar o post de hoje até o fim e veja as 8 ilhas para conhecer no litoral de São Paulo.

1. Ilha do Prumirim, Ubatuba

Localizada no litoral de Ubatuba, a Ilha do Prumirim está bem em frente à praia de mesmo nome. O acesso é feito por meio de pequenos barcos que saem do continente em um trajeto de apenas 10 minutos.

A Ilha possui apenas uma praia, que é bem rústica e não oferece grande infraestrutura aos visitantes. Contudo, a natureza é incrível, com águas verdes calmas e rasas, sendo possível observar vários peixes nadando por perto.

2. Ilhabela

Com certeza esse é um dos destinos mais famosos e badalados do litoral norte paulista, sendo um arquipélago com 15 ilhas e mais de 40 praias que agradam a todos os gostos.

Além disso, ainda abriga cerca de 360 cachoeiras em seu território coberto em mais de 80% por Mata Atlântica. Com ótima infraestrutura turística, Ilhabela conta com hotéis, pousadas, restaurantes, bares, baladas e diversas opções de lazer, assim como vida noturna agitada.

O acesso é feito por balsa, que sai de São Sebastião de meia em meia hora.

3. Ilha do Cardoso, Cananéia

No extremo sul do estado de São Paulo, dentro dos limites de Cananéia, você irá encontrar a Ilha do Cardoso, um Parque Estadual com mais de 130 km quadrados, recheado de praias desertas e vegetação bem conservada.

O acesso é feito por barcos que saem das praias de Cananéia e desembarcam na Vila do Marujá, onde está boa parte das pousadas.

Na Ilha do Cardoso você irá encontrar diversos restaurantes e bares, mas o local é bastante simples, não havendo nem mesmo energia elétrica, apenas energia solar ou geradores. Contudo, a natureza é extremamente rica, abrigando um dos maiores criadouros de fauna marinha do planeta e, não à toa, foi tombada como Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

Portanto, ainda que tenha uma estrutura mais rústica, com certeza vale a pena visitar ao menos uma vez.

4. Ilha Montão do Trigo, São Sebastião

Situada entre o canal de São Sebastião e a enseada de Bertioga, a Ilha não oferece praias ou faixa de areia e, por isso, o acesso é feito por um píer improvisado.

A melhor forma de chegar até o local é alugando um barco na Barra do Una ou Juquehy, sendo que esse é um ótimo passeio para praticar mergulho e explorar as grutas da ilha.

5. Ilha das Couves, Ubatuba

Considerada uma das ilhas mais bonitas da região, a Ilha das Couves é composta por duas praias de águas calmas, esverdeadas e cristalinas. Para chegar até o local, é necessário pegar um barquinho que parte da praia de Picinguaba, localizada quase na divisa com o estado do Rio de Janeiro, ou da Praia da Almada.

Além disso, existem passeios de escuna ou lancha que saem do centro de Ubatuba e vão até o local.

6. Ilha das Cabras, Ilhabela

Esse é um dos ilhotes espalhados pelo arquipélago de Ilhabela, localizado em frente a Praia das Miúdas. É aqui que está o Santuário Ecológico Submarino, sendo possível mergulhar nas águas transparentes e conhecer a rica vida marinha da região, como peixes e outros habitantes, como tartarugas, estrelas-do-mar e, se tiver sorte, cavalos-marinhos.

7. Ilha Anchieta, Ubatuba

A Ilha, que no passado serviu como prisão, hoje em dia é uma reserva ambiental de pesca, possuindo trilhas de ecoturismo para os amantes da natureza. Para chegar até ela, é necessário fechar um passeio de barco com agências de turismo do município e, quem quiser, ainda pode visitar as ruínas do antigo presídio da década de 50.

8. Ilha de Alcatrazes, São Sebastião

Essa é a principal ilha do arquipélago de mesmo nome, localizada a cerca de 35 km do continente. A distância e o isolamento contribuíram para a preservação da natureza local, abrigando espécies de plantas e animais que não se encontra em nenhum outro lugar do mundo.

Além disso, o local pode ser visitado somente sob a supervisão do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

 

Conclusão

Então, agora que você conhece algumas das principais ilhas do litoral paulista, já pode escolher qual será seu próximo destino. Lembre-se de ter um bom planejamento, pois assim será possível visitar outros lugares além da ilha, garantindo o melhor aproveitamento e experiência de viagem, esteja você com a família, amigos ou até mesmo sozinho.

Write A Comment